terça-feira, 9 de fevereiro de 2010

O Monte e a Mostarda

Só com muita fé para voltar a encarar as colinas I-IV.

Como anotado por Mateus (17:20), eu disse para o monte: passa daqui para acolá. Mas o monte ignorou minha ordem. Então tive que conquistá-lo.

Por partes, com escala em cada divisão da subida, parando para abaixar a FC em cada trecho, pois a mesma chegava a 90% no final de cada um, retornanado a 56% após um breve descanso, para voltar a subir na casa dos 90% no próximo trecho...(Ivo, pelo menos no repouso ela parece com a sua).

E assim, chego a gelada cachoeira e retempero a careca torrada de sol. Uma delícia que valeu o esforço.

Como minha fé se mostrou menor que o grão de mostarda, a noite chutei o balde e mandei pizza com mostarda pra dentro...merecido!

A brincadeira ficou em 12,5km, de bom tamanho.

E vamos para a última semana de base...preciso ter mais fé para encarar o que vem por ai.

8 comentários:

  1. Parabéns, amigo Ricardo !
    Grande desafio superado !
    Tenha fé e tudo se encaminhará bem.
    Ass.: Guilherme.

    ResponderExcluir
  2. Valeu pelo apoio de sempre Guilherme. Abs

    ResponderExcluir
  3. Grande heroi bíblico Hoffmann!

    Parabéns pela conquista do monte. As recompensas, líquida, sólida e pastosa foram pra lá de merecidas.

    Manda ver aí no final da base!

    Abraço

    Fábio

    ResponderExcluir
  4. esse montes, já não tem respeito por ninguém! ;)

    ResponderExcluir
  5. Que o diga os montes d´além mar Meixedo.

    ResponderExcluir
  6. E nada como subidas para testar a fé né? Agora pizza com mostarda? Fica bom? =)

    Bons Kms

    ResponderExcluir
  7. Fabi, para os paulistas, misturar catchup, mostarda ou maionese na pizza é uma heresia. Tb acho, pois a pizza daí é excelente. Mas as daqui, precisamos de um tempero adicional rs. E vamos testando a fé.

    ResponderExcluir

Obrigado por deixar aqui seu comentário. Boas corridas!!